segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Monte Verde - Tia Nata e Sr.Renato

D.Donatila é tia Nata. Arnes Luca é Sr. Renato esse casal que fez com que meu coração chorasse por ver um amor tão grande, tão incondicional, tão sincero, tão inexplicável.
Eles moram em uma casinha, cercada de verde, de pássaros, de beija-flor, de esquilo. Tudo ali parece um sonho. Conhecemo-los por acaso. A gente estava indo almoçar. A casa deles fica no caminho entre a pousada Village de Minas (onde ficamos) e a rua do centrinho comercial. Quando o Zé viu a placa – e se deslumbrou com a visão, já falou: _Ah, depois quero ir aí, ver essa casa linda e comprar geléia.
Zé no portão
Após o almoço, já voltando para a pousada, paramos e tocamos a campainha. Dava para ver que tinha um pessoal. Um senhor veio abrir o portão. Ele nos mostrou o Sr.Renato. Logo que ele nos viu, falou – apontando: _ Vai ali conhecer o pé de kiwi, os esquilos. E complementou: _ O esquilo come na sua mão. Vai lá.

Zé e Sr.Renato
Dando comida para o esquilo
Eu que até então não tinha visto um esquilo, fui descendo em direção ao quintal. Enquanto isso o Sr. Renato continuou conversando com aquele pessoal. O Zé eu, ficamos ali no quintal, vislumbrando, admirando e fotografando tudo. Depois subimos para conhecer a tia Nata e as suas geléias.
Beija-flor pousado - coisa rara!
Tia Nata é uma senhora que deve ter mais ou menos 70 anos. Ela é bem magrinha, provavelmente devido à doença. Ela tem Alzheimer. Ela fica andando de um lado para o outro. De vez em quando vem e segura – puxando - a mão do Sr.Renato.  Ele deve ter a mesma idade que ela. Um homem forte – tem que ser, pois é ele quem cuida da tia Nata. Gosta de falar, de contar suas histórias. Contou-nos sobre a árvore que plantou e o raio quase derrubou. Mostrou-nos fotos deles e de Monte Verde em 1960.  Vi também fotos dele e da tia Nata em cima dos móveis. Ela era tão linda. Robusta. Um casal muito lindo. Ele falou que estão juntos há mais de 50 anos.

tia Nata
A gente percebe o carinho, o cuidado, a atenção, o amor que ele tem por ela. Um casal, exemplo.  Conhecê-los deixou-nos muito emocionados. Que exemplo de união!!
Ir para Monte Verde e não visitar tia Nata e Sr. Renato é como ir em um aniversário e não comer bolo. Fica a dica!rss
Postar um comentário