quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Dois anos sem meu pai


Hoje está fazendo dois anos que meu pai faleceu. No início eu não conseguia nem olhar para a foto que chorava. Hoje isso já é possível. Inclusive, logo após a mudança eu revelei duas fotos e coloquei no porta-retratos. Todo dia eu o vejo. Quando fixo muito o olhar nele (na foto) as lágrimas ainda rolam pelo meu rosto. Mas não são lágrimas de desespero. Agora são lágrimas de saudade. Sinto saudades da voz dele. Sinto saudades de ver ele na frente da casa, sempre quando chegávamos. Ou sentado no banco, na área. Saudades até de ver ele com essa camiseta polo verde.rsrs E foi o que ficou. A saudade! As lembranças! O amor!

Meu Pai... Esteja o senhor onde estiver não esqueça que nós, que aqui ficamos jamais nos esqueceremos do senhor. E se nossas lembranças e nossas orações puderem ajudar de alguma forma, pode contar conosco.
Postar um comentário