quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Compras em São Paulo

Como dia 08 (terça-feira) foi feriado aqui em Campinas, pensamos ser uma “bôa” ir para São Paulo fazer compras.
Pensamos e fomos. Gente decidida é assim.rsrs Os aventureiros... Henrique, Adriana, Eliane, Gabriel e a vela (ou mala) aqui.
A Adriana combinou de passar em casa às 6h. Acordei 5h30min. Se eu falar que não reclamei por ter de acordar tão cedo, estou mentindo. Reclamei!
Eles chegaram e tivemos que voltar para a casa deles - antes de ir pegar a Eliane e o Gabriel - que tinham ido levar o Felipe na casa da Shirlei.
Voltamos por causa do rodízio em São Paulo. O final da placa do carro da Dri é quatro (4).
Enfim, pegamos a Eliane e o Gabriel e... Pé na estrada. Fizemos uma parada para tomar um café. Chegamos à Avenida do Estado às nove horas. Agora o pior. Todas as ruas que davam acesso para chegar ao local onde tem o Feirão da Madrugada estavam bloqueadas. Sabe o que é você estar do lado do negócio e não conseguir chegar até ele? Foi assim. Conseguimos passar para o outro lado da avenida duas horas depois. E quando conseguimos o acesso para a rua que a Adriana e o Henrique costumam deixar o carro (também) estava bloqueado. Acho que foi mais meia hora para conseguir finalmente estacionar o carro. No fim o Henrique parou no primeiro estacionamento que encontrou. Já estávamos cansados de rodar de carro.
A gente não sabia: se primeiro ia ao banheiro, se comia, se comprava.
Uma hora eu estava com fome e sede. Enquanto eles andavam corredor por corredor do Shopping Azulão, eu fui lá fora e comprei um saquinho com melancia. Parei na frente e fiquei comendo.
Depois fomos para o Shopping Vautier. Ali andamos, compramos. Enquanto eles pararam para comer eu andei e comprei mais um pouquinho. Eu não quis comer. Ainda estava me lembrando da melancia.rsrs
Saímos do Shopping e continuamos a caminhada. Compra um pouco aqui, outro pouco ali. Já passava das 15h quando decidimos ir embora. Indo para o estacionamento eu comprei um potinho de curau para comer. A Adriana achava que não compensava mais ir para a Rua 25 de Março, mas eu e a Eliane queríamos ir no “Armarinhos Fernando”.
Olha, não foi fácil chegar no destino. Pegamos um congestionamento aqui. Outro ali. Fora as "entradas" erradas. Enfim, conseguimos encontrar um estacionamento não muito caro (10 reais/primeira hora) e perto de tudo, já era 17hs10min.
Bom, a essa altura não tinha (quase) nada aberto. Só uma ou outra loja. Fomos no Armarinhos Fernando. Eu e a Eliane não encontramos o que fomos procurar. A Dri fez a festa!rsrs
Final da história. Saímos da Rua 25 de Março (+/-) 18h30min. Chegamos em Campinas – na casa da Shirlei – onde o Zé me esperava, depois das 21h.
Apesar do cansaço, para mim, valeu a pena. Comprei sete blusinhas. Era o que eu estava precisando. Comprei também uma bermuda e um short. A única pena é que lá não pode experimentar as roupas, então não dá para comprar mais de uma peça. Mas dei sorte. Experimentei em casa e para a minha felicidade, tudo o que eu comprei, serviu. 
Postar um comentário