quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Confundindo os bancos

Dei uma bola fora hoje, que só rindo.rsrs
A gente tinha ido à farmácia pegar remédios. Ao sair, olhei em frente e vi o Banco Bradesco. Falei para o Zé que ia lá fazer um saque. Ele falou que enquanto eu ia, ele manobrava o carro e colocava no estacionamento do banco.
Eu atravessei a rua e entrei no banco. Achei os caixas tão diferentes. Com tons vermelhos, mas diferentes. Peguei meu cartão e inseri na máquina. Achei tudo muito diferente. Os botões. Os comandos. Até o slogan estava diferente. Retirei o cartão – afinal, a máquina não leu. Comecei a olhar à minha volta, ainda dentro do banco. Foi então que vi o slogan do “Santander”. Por um momento achei que o Santander podia ter comprado o Bradesco.
Mas, resolvi sair e olhar lá fora. Quando saí do banco e olhei para cima, estava escrito bem grande Santander. Nisso o Zé desceu do carro, me olhou com uma cara de “ué” e perguntou:
_ Você não falou que ia ao Bradesco?
_ Sim. Achei que tinha entrado no Bradesco.
Acho que era o sol na cabeça, não entendia como ao atravessar a rua, o Bradesco se transformou em Santander.
Então olhei ao lado do Santander. O Banco Bradesco estava ali.
E fui para lá... Toda sem graça. E o Zé me chamando de doida.rsrs
Postar um comentário