terça-feira, 8 de novembro de 2016

Rodrigo Teaser em "Tributo ao Rei do POP"

Domingo fui ao Teatro de Paulínia com o Zé e o Danilo. Primeira vez que o Danilo foi lá. Eu estava ansiosa para ver a reação dele ao ver aquele monumento.
Fomos assistir: Rodrigo Teaser com o show “Tributo ao Rei do POP". O teatro estava lo-ta-do. Isso porque teve esse show no dia 24/09. Os ingressos esgotaram logo. Tanto que não conseguimos comprar. No dia seguinte ao show, começaram a vender os ingressos para o dia 06/11. Entramos no site da “Bilheteria Rápida” para ver como estava a situação. Vimos alguns lugares próximos ao palco. O Zé falou que ia comprar no dia seguinte, no próprio teatro. Com receio voltamos a olhar no site e vimos que, duas horas depois, os lugares que tínhamos escolhido já tinham sido vendidos. Sem dúvida era melhor comprar logo. Mesmo pagando os R$ 42,00 de taxa de conveniência. Escolhemos os assentos I16, I18, I20 – plateia baixa. Comprei tudo meia. O Zé pela idade. Eu e Danilo “cliente Pague Menos”.
Então, sabendo que o local estaria tumultuado, chegamos não era nem 18h30min. Ficamos no saguão, olhando as pessoas chegando. Tinha crianças e adultos caracterizados de Michael Jackson. Um barato!
Quando abriram as portas que davam acesso ao teatro, entramos. Eu olhava para o Danilo para ver a reação dele. Sentamos e ficamos ansiosos, aguardando o início do show.
E quando começou. Meu Deus! Eu chorei de emoção!!
O Rodrigo tem uma semelhança incrível com o Michael Jackson. E olha que eu não estava tão longe do palco. Às vezes eu olhava e tinha a impressão que era o Michael ali.
E a banda? Maravilhosa! Tinha uma moça na guitarra. E ela toca hein!? 
Os dançarinos deram show. O figurino do Michael e dos dançarinos, perfeitos.
Eu arrepiei. Cantei. Dancei. Aplaudi. Chorei. Foram mais de duas horas de show. Teve de tudo. Crianças subindo no palco. Dançarinos correndo pelo meio do teatro.
A única coisa que eu não gostei. Nem o Zé, foi o Rodrigo ter terminado com uma música dele. E vestido normal. Boné, o cabelo curto, calça jeans e camiseta. Sabemos que não tinha como encaixar em outro momento, mas fazer isso quebrou o encanto, afinal estávamos vivendo um momento de fantasia. Nós fomos ali para ver o Michael Jackson, e nada mais justo que ver o Michael do começo ao fim.
No final o Rodrigo ia tirar fotos com os fãs. Perguntei ao Danilo se ele queria ir. Ele achou que o Rodrigo não ia estar vestido de Michael. E não quis ir. Vimos depois em algumas fotos no perfil do facebook que ele se caracterizou de Michael Jackson novamente. Bom para quem ficou na fila.
Olha... Eu já assisti apresentação do: ABBA, Bee Gees Alone, Bee Gees One e dos Beatles. Todos muito bons. Mas o Michael Jacson superou. Foi sem dúvida nenhuma o melhor de todos. E olha que as outras são grupos. O Michael é sozinho. Arrebentou! 


Postar um comentário