segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Meus tios

Ontem foi dia de recordações. Minhas e da Silvana.
Ela estava em casa, me ajudando a preparar os pratos para levar na festa do Danilo.
Enquanto montamos o bolo salgado e desfiamos a carne, a conversa rolou solta. Assuntos variados.
Foi então que no rádio começou a tocar a música “Goodbye Yellow Brick Road”, do Elton John.
_Essa música me lembra do tio Mário e do tio Cláudio. Eu disse.
_Quando eu ouço a Skyline Pigeon, eu me lembro deles. Disse a Silvana.
Eu ouvi mais um pouco a música que estava tocando e disse: _Realmente, eu que estou fazendo confusão. É a música Skyline Pigeon mesmo.
Engraçado que eu e ela nos lembramos da mesma cena. O tio Mário e o tio Cláudio tocando violão e cantando essa música. Hoje nós não sabemos se realmente eles tocavam e cantavam ou, se só acompanhavam a música. Éramos bem pequenas. Talvez entre 05 e 10 anos.
A Silvana acha que esse dia, pode ter sido o dia do batizado dela. Não sabemos ao certo.
Até porque meus tios estavam sempre em casa. Aliás, eles sempre foram muito presentes em nossas vidas. Sempre nos ajudaram.
Tanto que teve uma época que o tio Mário, tio Cláudio e tio Roberto iam todos - ou quase todos os finais de semana, mexer com a construção da casa. Eles que levantaram os cômodos. Um a um. Pode ter sido um desses dias também.
Eles pegavam no pesado e minha mãe os gratificava fazendo uma deliciosa macarronada. Ela era expert em fazer um manjar com ameixas em calda, que todos adoravam.
Após o almoço, eles forravam embaixo das árvores com jornais e deitavam para descansar um pouco.
Essas são lembranças minhas, que ontem fiquei sabendo que são as mesmas da Silvana.
Quanto a essa cena específica, acho melhor perguntar para a minha mãe. Talvez ela não se lembre da música, mas quem sabe essa cena tenha “marcado” ela, como “marcou” a mim, e a Silvana.
Postar um comentário