sexta-feira, 16 de maio de 2014

Quanto tempo você esperaria por um amor?


    A pergunta tema da minha postagem está na capa do DVD do filme "O Amor nos tempos do Cólera", um filme baseado na conceituada obra de Gabriel García Márquez.

Sobre o filme:
Florentino Ariza(Javier Bardem) é um jovem poeta que trabalha como telegrafista e entregador. Ele se apaixona por Fermina Daza (Giovanna Mezzogiorno), uma jovem de classe média. O relacionamento entre os dois é curto pois o pai da moça assim que descobre o envolvimento a manda para uma outra cidade. Eles continuam se correspondendo, trocando juras de amor eterno. Anos depois Fermina volta para a cidade. Quando Florentino a reconhece no meio da multidão passa a segui-la e quando consegue alcançá-la fica surpreso quando ela diz que não sente mais nada por ele.

Fermina se casa com um médico que conhece quando fica doente com suspeita de cólera. Florentinho sofre muito, a mãe sem saber o que fazer pede ajuda ao tio dele para que arrume emprego para o filho em outra cidade, uma tentativa de fazê-lo esquecer o amor não correspondido. Em sua viagem Florentino tem sua primeira experiência sexual e à partir desta não pára mais. Florentino volta para sua cidade, onde é promovido se tornando um homem bem sucedido e apesar de esperar por Fermina, está sempre às voltas com uma ou outra amante. Uma noite, em conversa com um amigo, Florentino diz ter ficado preocupado pois sabia que podia acontecer de Fermina vir a falecer antes do marido. Um dia estava deitado na rede com uma bela moça quando ouve o sino da cidade tocar e percebe que algo tinha acontecido. Enfim o que ele esperou por mais de 50 anos se concretizava. A morte do marido de Fermina. Agora ele podia procurá-la. Florentino procura por Fermina e se declara novamente. No primeiro instante ela se irrita e o coloca para correr mas com o tempo acaba cedendo. E assim,  finalmente Florentino consegue ter nos braços o seu grande amor.

***

Observação:  Eu lembrava que tinha escrito (algumas palavras) sobre esse filme/livro. Acabei encontrando aqui, nos rascunhos. Ou seja, as palavras desta postagem foram escritas em algum mês de 2011. Acho que vale a pena publicar:

Comecei a ler este romance em Março/2008. Lembro que li até o momento em que Florentino encontra com Fermina e ela diz que não o amava mais. Parei, pois fiquei com muita raiva dela.
Como assim? A pessoa fica vários anos trocando correspondências, juras de amor e de repente em um simples olhar, descobre que não ama mais? 
Na época deixei de ler o livro e devolvi (era emprestado). Pode ser que eu tivesse tido essa reação por estar recém-separada. E acho que foi isso mesmo, porque hoje, passados mais de três anos, ao ver o filme consegui ter outra reação, e até mesmo compreender Fermina. Nunca vi um filme mexer tanto com meus sentimentos como este. Terminei de assistir e fiquei pensando...
Como pode um homem dizer que ama uma mulher e sair com outras? E não foram poucas - em um momento do filme Florentino diz o número de mulheres com quem havia saído - só 622. Isso porque amava a Fermina. Imagine se não amasse ninguém!
Como pode um homem tendo ouvido a mulher falar que não sente mais nada por ele, e mesmo assim esperar por ela durante tanto tempo (ele esperou por 51 anos, 9 meses e 51 dias)? Eu acredito que, neste caso, talvez ele possa ter "sentido" que as palavras de Fermina não condiziam com o que ela sentia, por isso decidiu mesmo sofrendo... Esperar por ela.
Eu acho que uma coisa é você esperar por uma pessoa (um amor), quando você tem certeza de que ela também te ama e que, só não puderam ficar juntos por motivos justos. Neste romance, no início realmente eles não puderam ficar juntos porque o pai de Fermina não aceitou, mas depois o que ocorreu é que Fermina percebeu que não amava mais Florentino. Pra mim, um motivo mais que justo para que ele desistisse dela.
O que sei é que Florentino ao mesmo tempo em que me decepcionou, me encantou. Este foi um filme que apesar deles ficarem juntos no final, não me agradou. Acho que Fermina ficou com Florentino por conveniência - medo de chegar ao fim da vida sozinha - e não porque descobriu que ele era o GRANDE amor da sua vida. 

PS. Daqui a alguns anos quero ler o livro ou assistir o filme novamente para ver se a minha reação vai ser diferente! Quem sabe assim eu possa compreender Florentino, afinal 3 anos se passaram para que eu pudesse compreender Fermina.rss
Postar um comentário