sábado, 29 de março de 2014

Elis Regina - A Musical

Provavelmente quando esta matéria for postada – e com certeza não lembrarei disso - estaremos no ônibus a caminho de São Paulo.
Quando recebemos o e-mail, com a programação sobre o evento, não pensamos duas vezes. Aliás, pensamos... Que dia iríamos. E optamos pelo mais próximo... Hoje.
Só para constar, recebemos o e-mail da Roberta da Trondi no dia 28 de Janeiro. No dia seguinte o Zé já tinha feito as nossas reservas. Depois disso só nos restou aguardar.



“Elis Regina, A Musical”

Depois de uma temporada de sucesso absoluto no Rio de Janeiro, nova produção da Aventura Entretenimento em parceria com a Buenos Dias chega ao Teatro Alfa em São Paulo.

Com um investimento de 10 milhões de reais, o Musical recria a trajetória da vida da cantora gaúcha, uma das maiores cantoras da história da música brasileira!

Com texto de “Nelson Motta” e “Patricia Andrade”, direção de “Dennis Carvalho”, apresentando “Laila Garin” como “Elis Regina” e a participação de “Felipe Camargo”, “Claudio Lins” e grande elenco, “Elis, o Musical” mostra personagens emblemáticos da cultura do país, como “Miele”, “Jair Rodrigues”, “Vinícius de Morais”, “Tom Jobim”, “Ronaldo Bôscoli”, “Cesar Camargo Mariano” e “Lennie Dale”, entre muitos outros.

A atriz Laila Garin – escolhida entre 200 candidatas nas audições – vive a cantora gaúcha; os papéis de Ronaldo Bóscoli e Cesar Camargo Mariano, os dois maridos de Elis, são interpretados respectivamente por Felipe Camargo e Claudio Lins. Outros 16 atores se revezam em vários papéis, em uma história que leva para o palco diversas figuras importantes da cultura nacional.

O espetáculo reúne ainda canções que se tornaram grandes sucessos na voz de Elis Regina, entre elas clássicos como “Arrastão”, “Casa no campo”, “Águas de março”, “Dois pra lá, dois pra cá”, “Como Nossos Pais”, “Aos Nossos Filhos”, “Fascinação”, “O Bêbado e o Equilibrista”, “Madalena”, “O Trem Azul” e “Redescobrir”. São ao todo 51 canções que integram o repertório do espetáculo, entre músicas, medleys e vinhetas.
Com apenas um mês em cartaz nos palcos cariocas, o espetáculo se transformou num dos maiores sucessos de público e crítica da temporada 2013, recebendo três indicações para o Prêmio Shell de teatro e outras oito para o Prêmio Cesgranrio.

Construindo Elis:
“Elis, A Musical” surgiu de um texto escrito por Nelson Motta e Patricia Andrade, que ao serem convidados pela Aventura Entretenimento e pela Buenos Dias,  já escreviam um roteiro sobre a vida da cantora para o cinema. Nelson acompanhou de perto a vida e carreira de Elis, tendo sido seu amigo e produtor. “Trinta anos depois de sua morte, ela continua como a maior referência de todas as novas gerações de cantoras. O convite para escrever o musical me deixou imensamente feliz”, atesta ele. Na direção do musical, outro amigo de longa data da cantora, Dennis Carvalho. “Eu a conheci através de Milton Nascimento e logo me tornei seu fã. Ela foi simplesmente a melhor cantora do Brasil”, afirma Dennis.
As Canções do Espetáculo:
1º Ato
Fascinação / Aprendendo a jogar / Garoto último tipo – Puppy Love / Ela é Carioca / Imagem / O Pato / Menino das Laranjas / Samba do Avião / Arrastão / Deixa Isso Pra Lá / O Morro Não Tem Vez / Feio Não É Bonito / O Sol Nascerá / Esse Mundo É Meu / A Felicidade / Samba de Negro / Diz Que Fui Por Aí / Acender as Velas / A Voz do Morro / Lobo Bobo / Alô, Alô Marciano / Come Fly With Me / Eu Sei Que Vou te Amar / Samba Saravá / Upa Neguinho / Vou Deitar e Rolar / Falei e Disse / Madalena / Não Tenha Medo / Atrás da Porta / Casa No Campo
2º Ato
Nada Será Como Antes / Canção Da América / Fé Cega, Faca Amolada / Paula E Bebeto / Maria, Maria / Wave / Só Tinha De Ser Com Você / Águas de Março / Dois Pra Lá, Dois Pra Cá/ O Guarani (Instrumental) / Como Nossos Pais / Querelas de Brasil / Deus Lhe Pague / O Bêbado e A Equilibrista / As Aparências Enganam / O Trem Azul / Aos Nossos Filhos / Redescobrir / Fascinação


Postar um comentário