quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Cafezinho na cama


Domingo sai da cama depois de saborear um cafezinho delicioso, feito pelo Zé.
Desde que estamos juntos, comento com ele um costume ou “agrado” que eu e o Bruno costumávamos fazer um para o outro, geralmente nas manhãs de Domingo.
E era assim... Quem acordava primeiro fazia um cafezinho e levava para o outro na cama. Isso quando estava acordando. Às vezes o Bruno nem tinha ido dormir. Não era raro ele passar a noite “em claro” vendo vídeos musicais na TV ou na internet.
Hummm... Bom demais estar deitado e sentir o aroma do café. E quando ele chegava, meu ritual era esse: sentava na cama – os olhos mal abriam - bebia o café, meio acordada, meio dormindo, e voltava a dormir. Ou então ficava ali na cama... Enrolando, enrolando. Com o Bruno não era diferente.rss
Não sei se o Zé entende. Mas não é muito difícil de entender “um gosto” desse. Eu ADORO café e ficar enrolando na cama. Imagine unir os dois. Não tem coisa melhor.
Bom, no fim acho que o Zé acabou sendo vencido pelos meus comentários - talvez apelos, e resolver me fazer esse agrado.
Sei que depois que bebi o café falei para ele: _Agora você me ganhou!
Postar um comentário