quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

A internet consome... O meu tempo!

Quem me dera ter mais tempo. Quando tinha não dispunha dessa ferramenta – internet. Queria poder ficar apreciando tudo, mas não é possível.
Estou aqui, desabafando, inconformada, pois estava passeando no site Educar para Crescer que sigo há algum tempo. Este site é bem legal. Tem muitas matérias interessantes, bastante instrutivas. Hoje vi que postaram uma matéria que me interessou por demais.rss
Pensei... Vou lá dar só uma espiadinha. Se bem que já teve vez que fui dar uma espiadinha e até teste eu fiz.
Fazer o quê? A gente vai ver uma coisa, quando vê tem aqueles tópicos que ficam “piscando”. Quem disse que isso não aguça a curiosidade? Eu vou abrindo uma janela, depois outra e assim sucessivamente.rss
Hoje me desesperei porque ao conferir a lista com os 15 autores mais adaptados para o cinema, vi que no final do texto tem um chamariz, que me deixou instigada a ir bisbilhotar. 
Logo no 1º colocado, Willian Shakespeare, o convite é esse: Que tal escrever o seu próprio soneto à moda de Shakespeare? Aprenda nesta ferramenta colaborativa a escrever um soneto Shakespeariano e compartilhe com seus amigos.
Tentador não é? ... Bom, eu fui lá. Não devia ter ido. Lá tem mais um mundo de “coisas” para se ver e fazer.
Ai meu Deus... Agora não posso. Tenho que trabalhar!
Em todo caso, transcrevi abaixo a lista com "os autores mais adaptados para o cinema". Pode ser que você não queira correr o risco de ir lá e nunca mais sair.rss
Seria legal ir ver, pois tem a foto do autor e do filme que grifei. Vale a pena conferir!

1º William Shakespeare (1564-1616)

O poeta e dramaturgo inglês é o escritor mais lido, estudado e encenado do mundo. Shakespeare escreveu 38 peças, 154 sonetos, dois longos poemas narrativos e alguns versos. Entre suas peças mais renomadas estão Hamlet, Otelo, Macbeth e Rei Lear. E claro, a mais conhecida é, sem dúvida, Romeu e Julieta. 

Filmes para cinema: 313 (+ 18 em produção) 
Filmes para TV: 371
Séries de TV: 86

Adaptações mais conhecidas: 
- 10 Coisas que Odeio em Você (10 Things I Hate About You, EUA, 1999, dirigido por Gil Junger), da peça A Megera Domada 
- Romeu + Julieta (Romeo + Juliet, EUA, 1996, dirigido por Baz Luhrmann), da peça Romeu e Julieta
- Ela é o Cara (She’s the Man, EUA, 2006, dirigido por Andy Fickman), da peça Noite de Reis
- Ran (Ran, Japão, 1985, dirigido por Akira Kurosawa), da peça O Rei Lear
- Amor, Sublime Amor (West Side Story, EUA, 1961, dirigido por Jerome Robbins e Robert Wise), da peça Romeu e Julieta
- Muito Barulho por Nada (Much Ado About Nothing, EUA/Inglaterra, 1993, dirigido por Kenneth Branagh), da peça homônima
- Hamlet (Hamlet, EUA/Inglaterra, 1996, dirigido por Kenneth Branagh), da peça homônima

2º Edgar Wallace (1875-1932)

O inglês Richard Horatio Edgar Wallace foi jornalista e escritor, autor de 175 romances e 24 peças. Sua obra mais conhecida é King Kong (na verdade, Wallace concebeu a ideia em parceria com Merian Cooper e Delos Lovelace, porém morreu antes de que a obra estivesse concluida), mas foram seus romances policiais que fizeram dele um dos escritores mais lidos de seu tempo. 

Filmes para cinema: 170 (+ 1 em produção) 
Filmes para TV: 23
Séries de TV: 14

Adaptações mais conhecidas: 
- King Kong (King Kong, Nova Zelândia, EUA e Alemanha, 2005, dirigido por Peter Jackson), do conto homônimo 
- King Kong (King Kong, EUA, 1933, dirigido por Merian C. Cooper e Ernest B. Schoedsack), do conto homônimo
- Poderoso Joe (Mighty Joe Young, EUA, 1998, dirigido por Ron Underwood), do conto King Kong

3º Alexandre Dumas, pai (1802-1870)

Tendo como nome verdadeiro Dumas Davy de la Pailleterie, o escritor francês foi um mestre das histórias de aventura. Basta mencionar que ele é o criador dos personagens Athos, Porthos, Aramis e D´Artgnan da famosa obra "Os três mosqueteiros" para entender o porquê. Suas peças, artigos e livros totalizam mais de 100 mil páginas. Outros textos bem conhecidos são "O Conde de Monte Cristo" e "A Rainha Margot". Herdando o talento do pai, Alexandre Dumas, filho, também se tornou um escritor renomado. 

Filmes para cinema: 128 
Filmes para TV: 27
Séries de TV: 57

Adaptações mais conhecidas: 
- O Homem da Máscara de Ferro (The Man in the Iron Mask, EUA, 1998, dirigido por Randall Wallace), da parte 3 da saga O Visconde de Bragelonne 
- O Conde de Monte Cristo (The Count of Monte Cristo, EUA, Inglaterra, Irlanda, 2002, dirigido por Kevin Reynolds), do livro homônimo
- Os Três Mosqueteiros (The Three Musketeers, EUA, Inglaterra, Alemanha, França, 2011, dirigido por Paul W. S. Anderson), do livro homônimo
- A Rainha Margot (La Reine Margot, França, 1994, dirigido por Patrice Chéreau), do livro homônimo

4º Leon Tolstói (1828-1910)

Guerra e Paz e Anna Karenina são as obras mais famosas do conde russo Liev Nikolayevich Tolstói, cujas ideias de resistência pacífica influenciaram líderes como Mahatma Gandhi e Martin Luther King. 

Filmes para cinema: 107 
Filmes para TV: 22
Séries de TV: 21

Adaptações mais conhecidas: 
- Anna Karenina (Anna Karenina, Inglaterra, 2012, dirigido por Joe Wright), do livro homônimo
- Guerra e Paz (War and Peace, EUA/Itália, 1956, dirigido por King Vidor), do livro homônimo

5º Arthur Conan Doyle (1859-1930)

Médico e escritor, o escocês Conan Doyle ganhou fama pela criação do detetive Sherlock Holmes. Os 60 livros sobre o investigador foram um marco na literatura criminal ao apresentarem métodos científicos para solucionar mistérios aparentemente impossíveis de serem resolvidos. 

Filmes para cinema: 97 (+ 1 em produção) 
Filmes para TV: 43
Séries de TV: 35

Adaptações mais conhecidas: 
- Sherlock Holmes (Sherlock Holmes, Inglaterra/EUA/Austrália, 2009, dirigido por Guy Ritchie), do personagem homônimo
- Sherlock Holmes: O Jogo de Sombras (Sherlock Holmes: Game of Shadows, Inglaterra/EUA, 2011, dirigido por Guy Ritchie), do personagem Sherlock Holmes 

6º Edgar Allan Poe (1809-1849)

O romancista, poeta e crítico literário americano é facilmente lembrado por suas fábulas macabras e contos de mistério. Poe é considerado o inventor do gênero de ficção policial, além de ter contribuído largamente para o surgimento da ficção científica. É autor do poema O Corvo e do conto Os Assassinatos da Rua Morgue.

Filmes para cinema: 94 (+ 5 em produção)
Filmes para TV: 22
Séries de TV: 37

Adaptação mais conhecida: 
- O Corvo (The Raven, EUA, 1963, dirigido por Roger Corman), do poema homônimo

Uma excelente seleção de seus contos foi publicada com o nome de Histórias Extraordinárias, considerada um dos 100 melhores livros da literatura mundial. Saiba mais! 

7º Fiódor Dostoiévski (1821-1881)

O romancista e filósofo capturou com excelência a atmosfera político-social da Rússia do século 19. Dentre 11 romances, três novelas e 17 contos, suas obras mais conhecidas são Crime e Castigo, O Idiota e Os Irmãos Karamazov.

Filmes para cinema: 93 (+ 5 em produção)
Filmes para TV: 51
Séries de TV: 33

Adaptações mais conhecidas: 
- As Noites Brancas (Le Notti Bianche, Itália, 1957, dirigido por Luchino Visconti), do livro Noites Brancas
- Hakuchi (O Idiota, Japão, 1951, dirigido por Akira Kurosawa), do livro homônimo 

8º Jacob Grimm (1785-1863) e Wilhelm Grimm (1786-1859)

Os irmãos Grimm foram pesquisadores e escritores ingleses que ganharam fama ao coletar, publicar e popularizar mais de duzentas fábulas do folclore popular. Entre elas, Cinderela, João e Maria, Rapunzel, Branca de Neve e A Bela Adormecida.

Filmes para cinema: 93 (+ 3 em produção)
Filmes para TV: 66
Séries de TV: 20

Adaptações mais conhecidas: 
- Enrolados (Tangled, EUA, 2010, dirigido por Nathan Greno e Byron Howard), do conto Rapunzel
- Branca de Neve e os Sete Anões (Snow White and the Seven Dwarfs, EUA, 1937, dirigido por William Cottrell e David Hand), do conto homônimo

9º Robert Louis Stevenson (1850-1894)

O escritor e poeta escocês foi uma celebridade literária de seu tempo, e atualmente está entre os 30 autores mais traduzidos do mundo. Suas obras mais famosas são A Ilha do Tesouro e O Médico e o Monstro.

Filmes para cinema: 92 (+ 1 em produção)
Filmes para TV: 41
Séries de TV: 71

Adaptações mais conhecidas: 
- O Planeta do Tesouro (Treasure Planet, EUA, 2002, dirigido por Ron Clements e John Musker), do livro A Ilha do Tesouro
- Os Muppets na Ilha do Tesouro (Muppet Treasure Island, EUA, 1996, dirigido por Brian Henson), do livro A Ilha do Tesouro
- O Médico e o Monstro (Dr. Jekyll and Mr. Hyde, EUA, 1931, dirigido por Rouben Mamoulian), do livro homônimo 

10º Honoré de Balzac (1799-1850)

Balzac foi um romancista e dramaturgo francês. Sua grande obra foi uma coletânea de 95 romances, contos e novelas intitulada A Comédia Humana, representando um panorama da França após a queda de Napoleão Bonaparte.

Filmes para cinema: 92
Filmes para TV: 40
Séries de TV: 24

Adaptações mais conhecidas: 
- A Bela Intrigante (La Belle Noiseuse, França, 1991, dirigido por Jacques Rivette), do conto A Obra-Prima Ignorada 

11º Anton Tchekhov (1860-1904)

O médico e dramaturgo russo é considerado um dos maiores contistas da história. Seu "teatro de humores" veio para substituir a ação convencional e suas inovações formais influenciaram a evolução dos contos modernos.

Filmes para cinema: 87
Filmes para TV: 162
Séries de TV: 52

Adaptações mais conhecidas: 
- Tio Vânia em Nova York (Vanya on 42nd Street, EUA, 1994, dirigido por Louis Malle), da peça Tio Vânia 

12º Charles Dickens (1812-1870)

O inglês Charles John Huffam Dickens criou alguns dos personagens mais memoráveis do século 19 e é considerado um dos maiores romancista do período vitoriano (que vai de 1837 a 1901). Entre suas obras mais conhecidas estão David Copperfield e Oliver Twist.

Filmes para cinema: 79
Filmes para TV: 79
Séries de TV: 105

Adaptações mais conhecidas: 
- Os Fantasmas de Scrooge (A Christmas Carol, EUA, 2009, dirigido por Robert Zemeckis), do livro Canção de Natal
- Os Fantasmas Contra-Atacam (Scrooged, EUA, 1988, dirigido por Richard Donner), do livro Canção de Natal
- Grandes Esperanças (Great Expectations, EUA, 1998, dirigido por Alfonso Cuarón), do livro homônimo
- Oliver Twist (Oliver Twist, Inglaterra, França, República Checa e Itália, 2005, dirigido por Roman Polanski), do livro homônimo 

13º Guy de Maupassant (1850-1893)

O francês Henri René Albert Guy de Maupassant é considerado um dos pais dos contos modernos. O escritor, que foi protégé de Gustave Flaubert, baseou boa parte de suas histórias no impacto da Guerra Franco-Prussiana em civis inocentes.

Filmes para cinema: 74 (+ 1 em produção)
Filmes para TV: 47
Séries de TV: 37

Adaptações mais conhecidas: 
- Bel Ami - O Sedutor (Bel Ami, Inglaterra, França e Itália, 2012, dirigido por Feclan Donnellan e Nick Ormerod), do livro Bel-Ami
- Masculino-Feminino (Masculin Féminin, França, 1966, dirigido por Jean-Luc Godard), do conto O Sinal 

14º Victor Hugo (1802-1885)

As obras do poeta, romancista e dramaturgo Victor Marie Hugo tiveram grande influência em questões sociais e políticas da França do século 19. Seus livros mais conhecidos são Os Miseráveis e O Corcunda de Notre-Dame.

Filmes para cinema: 70
Filmes para TV: 36
Séries de TV: 23

Adaptações mais conhecidas: 
- Os Miseráveis (Les Misérables, Inglaterra, 2012, dirigido por Tom Hooper), do livro homônimo
- O Corcunda de Notre-Dame (The Hunchback of Notre Dame, EUA, 1996, dirigido por Gary Trousdale e Kirk Wise), do livro homônimo

15º O. Henry (1862-1910)

Nascido William Sidney Porter, o americano O. Henry começou a escrever na prisão ¬— ao cumprir 3 anos de pena por apropriação indébita ¬— e deixou mais de 600 estórias sobre a vida nos Estados Unidos. Sua obra é marcada pelas reviravoltas e sua criação mais famosa é o Cisco Kid. Filmes para cinema: 69
Filmes para TV: 19
Séries de TV: 17

Adaptação mais conhecida: 
- Por Favor, Matem a Minha Mulher (Ruthless People, EUA, 1986, dirigido por Jim Abrahams e David Zucker), do conto O Resgate de Red Chief 
Postar um comentário