segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Raia O Musical 30

E ontem foi dia de teatro. Mais um musical no Teatro Net - o mesmo que assistimos Chaplin. Este teatro fica no 5º piso, do Shopping Olímpia. Dessa vez fomos assistir “Raia o musical 30”.
Os ingressos o Zé trocou por pontos do Petrobrás Premmia. Excelente troca.
Saímos de casa por volta das 15hs. Chegamos eram (+/-)16hs30min. Subimos para ver se já entregariam os ingressos, mas não. A bilheteria só iria abrir às 17hs. O jeito foi passear pelo shopping. Que chato isso.rss
Passeamos um pouco, em todos os pisos. Subimos novamente para pegar os ingressos e descemos para tomar um café. Só para constar... Os elevadores de lá são de vidro - com vista para a rua. Adorei!
Chegando no hall de entrada do teatro, o Zé foi pegar a pipoca e eu fui ao banheiro. Depois fomos procurar os nossos assentos, que eram na fileira K, assentos 18 e 20. Acreditem ou não, no Chaplin ficamos na mesma fileira, só que do lado esquerdo. Ou seja, por não ter pagado nada pelo ingresso e com direito a pipoca grátis, vê-se que compensa fazer cadastro no Petrobras Premmia.
Quanto ao espetáculo. UM VERDADEIRO ESPETÁCULO!! Começou um pouco atrasado. Mas a espera compensou, pois, foi mais de uma hora e meia de muita música e dança. Claudia Raia como sempre... Exuberante. A peça retratou os 30 anos de carreira de Claudia Raia. Ela nos conta de uma forma bem humorada que aos 07 anos já fazia drama para conseguir o que queria. Contou que aos 15/16 anos foi para Buenos Aires. Claudia relembrou (representando) personagens como o Tonhão – da TV Pirata. A Tancinha (quando ela surgiu a plateia vibrou) da novela Sassaricando e os musicais.
No final, em um vestido lindíssimo ela narra a sua trajetória. Das vaias aos aplausos. Claudia realmente é maravilhosa. Muito persistente nos seus objetivos. Muito batalhadora e otimista.
Sendo sincera, eu não acho a Claudia uma mulher linda, mas tudo o mais que ela é a torna uma pessoa linda! Muito simpática e engraçada também. Dançarina de primeira. Pelo jeito também uma mãe dedicada.
Além da Claudia e dos dançarinos, tem também a figura da mãe, da irmã e dos filhos que surgem uma ou outra vez.


Estava uma noite fria – 13 graus. Mas dentro do Shopping, nem deu para perceber. O Zé se animou, pois, não demoramos nem uma hora e meia no percurso de casa ao shopping. E olha que é São Paulo.
Foi tudo perfeito. Queremos voltar outras vezes.
E quanto ao musical. Nota 10!! Quem puder ir, não deve perder a oportunidade. Só uma dica para os homens. Procurem sentar nas três primeiras fileiras. Nos assentos da beirada (corredor). Vocês não vão se arrepender.kkk
Postar um comentário