quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Há vida após o luto - Perdas & Luto


      " Há vida após o luto" - palavras de esperança para quem perdeu um ente querido 
      Gustavo Wayand Medella, OFM - Editora Santuário – 103 páginas


     "Perdas & Luto" - como encontrar serenidade nas grandes provações da vida 
     Granger E.Westberg - Editora Vozes – 63 páginas

***
Enfim terminei de ler os dois livros acima. Fiquei quase um mês com eles. Não que tenha demorado a ler. A demora foi para dar o primeiro passo. Abrir a primeira página.
O Bruno pegou os dois na loja onde trabalha. Ele leu rapidinho. Uma porque precisava. Outra porque queria ver (antes) se a leitura era apropriada para mim.
Como a principio eu não aceitei a ideia da partida do meu pai, para mim, ler livros sobre luto, iria me fazer enfrentar a dura realidade. Uma realidade que eu não estava preparada. Por isso adiei.
Mas foi muito bom lê-los. Encontrei o que não procurava. Porém, o que precisava. Primeiro li o livro “Perdas & Luto”. Nele o autor aborda os estágios que passamos quando perdemos algo ou alguém. Ele nos apresentou e definiu 10 estágios. Isso não quer dizer que passamos por todos, ou mesmo que seguimos a sequência por ele colocada. Mas, por um deles, com certeza passamos. Foi então que compreendi, que a minha atitude relatada no terceiro parágrafo, se enquadrava em um desses estágios.
Já no outro livro “Há vida após o luto”, o autor aborda de maneira suave, como devemos encarar a morte de um ente querido. Usei o termo suave porque ele utiliza em cada tópico, um trecho de música, de um poema, de um versículo da bíblia, ou mesmo frases de celebridades. E, através desses trechos o autor aconselha-nos. E o conselho que mais se repete, é o de que devemos continuar a viver (depois de uma grande perda), e devemos fazer isso da melhor maneira possível. Parei por um momento no tópico 30, onde o autor relata alguns sintomas que podemos vir a sentir após uma perda. Quando li, eu me reconheci. É bem o que venho sentindo ultimamente.
Eu recomendo a leitura dos dois livros. São rapidinhos para ler. São bastante esclarecedores. Com certeza ajudam, e muito nesse processo, pois, através deles podemos entender algumas reações ou sintomas que passamos, e que por ignorância achamos que é bobeira ou frescura. Só que não é. Nosso corpo reage de forma que muitas vezes, nós não queremos. São reações ou sintomas naturais. Fazem parte do processo do luto. O importante é conseguir passar por eles.


Postar um comentário