segunda-feira, 27 de março de 2017

Falta de empenho

Eu demoro um pouco para “pegar” as coisas. Sempre fui assim. Tomo ciência de algo que ouvi, ou que vi horas depois. Às vezes dias. Isso quando não tenho que ser “cutucada” para entender o que foi dito. E hoje não foi diferente.
Logo cedo, meu patrão ficou falando coisas para a gente. Sobre o futuro. Se esforçar. Isso e aquilo. E comentou que uma das moças se “empenha” bastante no escritório. Ainda falou: _Não que vocês não se empenhem.
Eu ouvi e fiquei na minha. Até que minha colega do departamento comentou que achou um absurdo o que ele falou. Que deu a entender que nós não estamos nos empenhando. Eu não tinha pensando assim. Não tinha ficado chateada. E então, fiquei.
Sabe por quê? Essa moça que se empenha, conforme ele disse, não ajuda a gente em nada. Como ele não paga uma diarista, nem telefonista, cada dia uma atende ao telefone, faz o café e retira os lixos - no fim do dia. Ela não faz nada disso! Falou que tem muito trabalho para fazer e que não pode perder tempo atendendo ao telefone. O café e o lixo, nem teve justificativa. Simplesmente não faz. Não tira.
Ela é responsável pelo departamento e não quer saber de ensinar a mocinha que foi contratada para ajudá-la. Disse que não tem tempo para ensinar. E teve duas obrigações acessórias que eram “responsabilidades” dela, que ela deixou para a mocinha. Uma sobrou até para a gente – que somos de outro departamento – ajudar, porque senão não ia dar tempo de entregar no prazo.
Ela entra a hora que quer (raramente às 8h). Ela sai para almoçar a hora que bem entende, sem se preocupar se vai ficar alguém no escritório. E nem sei se faz só 1 hora de almoço. Pior de tudo que ela não avisa a gente. Não que seja da nossa conta, mas como atendemos ao telefone, acho que precisamos ter conhecimento, para saber o que falar para os clientes.
Ou seja, ela não tem um mínimo de senso de equipe. Não colabora com ninguém. Trabalha individualmente.
E no fim... Ela se empenha muito. Ouvimos isso! É para ficar muito chateada, não é?
Postar um comentário