quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Os opostos se atraem?

E um dia disseram que “os opostos se atraem”. Que para o casal se relacionar bem, um deve ser o oposto do outro. Assim, o que faltar em um... Complementa com o outro. Pode até ser!
Não concordo plenamente! Só um pouco.
Concordo que os opostos se atraem. Mas só se atraem! A convivência (o bom relacionamento) vai depender (ou só vai ser possível) mais por causa das igualdades.
Mas também não concordo que para o casal se dar bem devem ser iguais.
Sendo assim, nem o oposto. Nem o igual. Pelo menos não totalmente!
Até porque não detectamos o oposto na outra pessoa logo de início. Na verdade quando começamos um relacionamento procuramos aqueles que são parecidos conosco. Quando isso acontece a gente pensa. Puxa, que legal! Essa pessoa gosta (ou não gosta) disso – ou daquilo. Assim como eu!
Porém, com o tempo vamos conhecendo, vamos percebendo; gestos, atitudes, comportamentos que não são iguais ao nosso. É o oposto se apresentando.rsrs
E aí... Vale o bom senso e o discernimento, para saber se esse oposto é bom ou ruim.
Se for bom. Vale a pena complementar. Agora se não... O que fazer?
Postar um comentário