segunda-feira, 27 de maio de 2013

Ele me enaltece

Esse meu amor é assim. Do nada me surpreende. Tarde de Segunda-feira, chuvosa, friozinho. A melancolia “batendo solta”. E então meus olhos vislumbram essas palavras, tão belas!
O que fazer? ... sorrir e chorar ao mesmo tempo.
O que dizer? ... as vezes o silêncio diz mais que mil palavras.


Toda "Obra de Arte", derivada de um trabalho artístico "de verdade", cujo autor é de uma genialidade incontestável, ao admirá-la nos enleva, fazendo-nos "sonhar acordados", subitamente invadidos por sensações de extrema paz e felicidade...

É o que você, minha amada esposa, "rara" e "especial", genuína "Obra de Arte" cujo criador é nada menos que..."Deus", me faz sentir... ao te ver, ao te tocar, ao te respirar...

E ter você como minha companheira "de vida", "Obra de Arte" a mim presenteada pelo "Criador" em forma de mulher (linda e maravilhosa!), significa ser "o mais rico" dos homens, o "mais feliz" dos homens...

Te amo!

Zé Olímpio – 27 de maio 2013 – 15:10h
Postar um comentário