quinta-feira, 30 de junho de 2016

Já Estou com Saudades!


Sinopse: Jess (Drew Barrymore) e Milly (Toni Collette) são melhores amigas desde a infância. Enquanto Milly se casou, teve dois filhos e construiu uma carreira de sucesso, Jess decidiu levar uma vida pacata ao lado do marido Jago (Paddy Considine). Após se submeter a um tratamento, Jess enfim consegue engravidar. Mas a notícia vem justamente quando Milly descobre ter câncer de mama e precisa passar por quimioterapia, o que necessitará do apoio não apenas da amiga, mas de toda a família.

Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-203476/

***
Acabamos de assistir ao filme “Já estou com saudades”.
Quis assistir porque vi que a Silvana escreveu no grupo, que tinha assistido e que tinha chorado muito. Se ela chorou é porque deve ser bom, pensei. Se bem que a Silvana anda uma “manteiga derretida”.rsrs
Dei uma espiada na sinopse e o elenco. Drew Barrymore. Sou muito fã dela. Então resolvi que queria assistir.
O filme conta a história de duas amigas que se conhecem na infância. Todos os momentos mais significativos de suas vidas são compartilhados. O primeiro beijo. A primeira relação amorosa. A gravidez.
Milly é a mais atirada e muito vaidosa. Ela é a primeira a se casar. Tem dois filhos. Bem sucedida profissionalmente. Um casamento perfeito!
Jess casa e mora em um barco. O marido de vez em quando passa dias trabalhando em uma plataforma. Eles querem muito ter um bebê.
Um dia Milly descobre que está com câncer nos seios. Faz quimioterapia. Depois precisa retirá-los. Essa situação a deixou transtornada. Até porque ela era muito vaidosa, adorava se arrumar e queria se sentir desejada, o tempo todo.
Jess estava sempre por perto, dando força, consolando Milly, porém, com isso seu casamento começou a ficar abalado. O marido se sentia em segundo plano na vida dela. Ela tinha que se desdobrar para se dedicar ao marido e a amiga. Nesse meio tempo, ela consegue engravidar. Mas não conta para Milly.
Ela não acha justo a amiga estar passando por um momento tão difícil e ela contar que algo maravilhoso estava acontecendo com ela.
Muita coisa acontece. Milly trai o marido. As duas brigam e se afastam. E por fim, Milly descobre que está com câncer no cérebro.
Dá para entender porque a Silvana chorou. Uma história emocionante, de uma amizade que permaneceu até o fim. Ou mesmo depois do fim.
Dele dá para tirarmos uma lição: às vezes, aquilo que mais tememos nessa vida, pode nos acontecer. No caso a Milly “se amava” e, acredito que seu sofrimento maior foi por ver seus cabelos caindo, ver seus seios sendo retirados. Ver sua beleza se esvaindo. Uma verdadeira lição de vida! 

Postar um comentário