quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Guarujá - Fim de semana com a família

Postei anteriormente sobre a tentativa de assalto que sofremos e depois o congestionamento - fora de época – porque sei que coisas ruins e negativas a gente logo esquece. Ainda bem!
Então vamos lá. A parte boa. Uhull
Passei um fim de semana maravilhoso em companhia da minha família – pessoas que amo.
Mas, por que resolvemos ir à praia no dia 13 de Setembro? Explico. Setembro porque o Danilo está de férias e a Letícia (temporariamente) desempregada. Ou seja, a presença dos dois estava confirmada. E o dia 13 porque na segunda-feira foi feriado em Várzea. Ou seja, o Zé não iria trabalhar.
Começamos a agitar o pessoal. Sergio e família iriam fazer bate-volta. Bruno e Fernando decidiram dois dias antes que também iriam. Eliane um dia antes.
No total, precisamos arrumar um lugar para 13 pessoas. Comecei a pesquisar na quinta-feira a noite. Sexta durante o dia pesquisava, ligava e mandava e-mail para os lugares que interessava. Ficava em contato com a Adriana e Eliane que também estavam pesquisando. A princípio queríamos na Praia de Pitangueiras.  No fim, a Eliane conseguiu um apartamento na Praia da Enseada, com preço bom e que estava disponível. O mesmo ficava a 700 metros da praia. Analisamos os prós e contras e antes das 22horas da sexta-feira estávamos efetuando o depósito na conta do proprietário.
A caravana começou a sair cedo. Primeiro a Adriana, Henrique e minha mãe que optaram em ir com o Sérgio, Karen e Dudinha. Combinamos de pegar a Silvana, Danilo e Letícia entre sete e sete e meia. 
Aos poucos o pessoal foi chegando à praia. O Bruno e o Fernando chegaram quando a Karen já estava “batendo em retirada”. O Gabriel, Eliane e Felipe foram os últimos a chegar.
Fomos agraciados com dois dias de muito sol e um céu azul lindíssimo. Na praia alguns caminharam, outros brincaram na água, outros tomavam banho de sol, outros dormiam. Todos comiam e bebiam. A praia estava tranquila.
O apartamento é muito aconchegante. Todo mobiliado. Não faltou nada. Aliás, tinha sobrando.
Na noite de Sábado fomos (com exceção do Danilo que ficou dormindo) passear no calçadão, conhecer as lojinhas e comer.  
Acredito que todos se divertiram muito. A Silvana estava radiante, afinal, segundo ela fazia 15 anos que não ia à praia. O Bruno a última vez foi em 2007. Os demais já possuem “um pé no mar”. A Dudinha já é quase uma sereia, de tanto que vive na água.rss
Acho que o Felipe nunca viu tanta gente junta em um mesmo lugar. Bagunçou tanto que quando dormia... Apagava.
Minha mãe caminhou os dois dias. Acho que ela curtiu o fim de semana com os filhos, netos e bisneto.
Eu me senti realizada. Não completamente porque isso só seria possível se estivessem todos os meus irmãos e família ali, com a gente. Mas isso é quase impossível!
Pelo menos consegui passar um fim de semana com os meus filhos. Não é fácil juntar os três. Ainda mais em uma viagem.
Então... Não tenho o que reclamar. Só agradecer. Pela família abençoada! Pelo fim de semana abençoado!!
Postar um comentário