segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Emprego novo

Após três anos e três dias, pedi demissão do trabalho. Isso aconteceu na última quinta-feira, dia 25 de Setembro. Como eu costumo dizer. Já deu o que tinha que dar.
Minha meta era permanecer nesse escritório até que eu me formasse. Apesar de ser um bom lugar para trabalhar. Apesar de eu gostar do que faço, de um ano para cá alguns fatores estavam tornando o dia a dia difícil. Persistia neste emprego por comodidade, afinal, eu ia trabalhar a pé e no final do expediente ia a pé para a faculdade. Isso proporcionava que eu chegasse antes mesmo do horário de início da primeira aula, que era às 18h30min. Além de poder acessar a internet, o que me ajudou bastante nas pesquisas para os trabalhos escolares, incluindo o TCC.
Pois bem. Colei grau no dia 08 de Agosto. Após esse dia comecei a enviar meu currículo.
Essa época não é muito favorável para querer trocar de emprego. Nesse ramo a melhor época é o início do ano. Este ano ainda teve Copa do Mundo no Brasil e agora, no próximo Domingo teremos eleição para Presidente. Ou seja, o Brasil está uma desordem geral. Se é que me entendem! Meu patrão está enxugando o número de colaboradores ao máximo. Tanto que nem se chateou ou fez contra proposta quando pedi demissão. No trabalho do Zé, as demissões tornaram-se rotina. Crise na indústria automobilística.
Tenho visto poucas vagas nas agências. Estou indo para um escritório por indicação de uma amiga, a Carla, que conheci logo que entrei onde trabalho atualmente. Nessa área, ter alguém que indique é emprego garantido.
No novo emprego, irei ganhar mais. Bem mais. Irei pegar coletivo, mas isso não é problema algum. Gostei do lugar também. É uma casa. Onde estou atualmente é um prédio empresarial. Acredito que casa torna mais fácil o acesso do cliente, possibilitando uma maior aproximação. A localização não é das mais privilegiadas. Pouco comércio por perto. Isso é bom, assim, poderei no meu horário de almoço atualizar as minhas leituras.
Dia 03 de Outubro, eu termino de cumprir o aviso prévio. Deixo o meu cargo, consciente do dever cumprido. Para trás também ficam alguns amigos.
E, no dia 06 vou começar no novo emprego. Não estou ansiosa. Talvez um pouco tensa. Afinal, considero este o início de uma nova fase da minha vida. E espero que seja para melhor, em todos os sentidos. 
Já errei em outras ocasiões, mas o importante é não deixar de tentar. Não deixar de buscar novas oportunidades, novos conhecimentos.
E... Seja o que Deus quiser!
Postar um comentário