sexta-feira, 11 de julho de 2014

Campos do Jordão

E para fechar as férias com “chave de ouro”, decidimos ir a um lugar que amamos! Campos do Jordão. E aproveitar para comemorar aniversário de namoro também. 
Passamos pelo portal às 12h15min do dia 09. Como era cedo para fazer check-in na pousada, decidimos ir direto passear um pouco pelas ruas, tomamos um cafezinho, tiramos muitas fotos e aí sim, fomos para a pousada. O Zé tinha feito reserva dois dias antes. Ficamos hospedados no quarto número 404. Descarregamos as malas, saímos um pouco na sacada para apreciar a paisagem e saímos.



O Zé quis ir conhecer o outro lado da cidade. De carro fomos para primeiro na “Fazenda Lenz Gormet”. Que lugar fantástico. Muito verde. Muitos animais. Tinha ovelhas, carneiros que ficavam circulando no meio da gente. Teve uma ovelha que até veio encostar a cabeça no meu colo. Pensamos em comer no restaurante do local, mas era muito caro! Então só apreciamos o local, tiramos fotos (inclusive na mesa sentados.rsrs) e saímos. Fomos caminhar até chegar ao Mirante. Que visão maravilhosa.

















Ficamos mais ou menos uma hora passeando ali. Com um pouco de fome, decidimos sair e procurar algum lugar – ali por perto – para comer. Paramos no “Pesqueiro Truta Azul”. Outro lugar fantástico.



Passava das 16h quando passamos em frente ao “Amantikir”. Descemos e pensamos em visitar, mas o mesmo ia fechas às 17h. Ou seja, não ia dar tempo de ver tudo, então achamos melhor deixar para visitar em outra oportunidade.
Fazia muito frio à noite. Muito mesmo! Quando fomos para Campos, o motivo maior era realizar um sonho do Zé, que é assistir uma apresentação do Festival de Inverno de Campos do Jordão, com apresentação de músicas clássicas. Então fomos. O Auditório Cláudio Santoro estava bem cheio. Tinha até um casal na nossa frente com uma filha pequena. A menina dormiu durante toda a apresentação. Achamos uma loucura, naquele frio, levar a criança. E para ouvir músicas clássicas. Bom, cada um na sua.rsrs




Saímos do teatro quase meia noite e ainda fomos jantar. Paramos em um restaurante que tem comida italiana. O Zé queria muito ir lá. Acredito que depois ele se arrependeu, porque gastou muito, principalmente com o vinho. Bom, pelo menos fez o que tinha vontade.
 Acordamos tarde no dia seguinte. Após tomarmos o café da manhã (que quase era da tarde) fizemos as malas e deixamos Campos. 



No caminho fizemos uma paradinha na Estação ferroviária de Pindamonhangaba. Como chovia muito não deu para ficar muito.

E assim terminamos as nossas férias e comemorações. Foram dias maravilhosos e inesquecíveis.
Postar um comentário