terça-feira, 4 de junho de 2013

Ainda sobre sonhos

... essa noite sonhei que havia perdido meus filhos, os três.
Eles haviam sumido. Eu estava desesperada à procura deles.
De repente o Bruno, a Letícia e o Alexandre (meu sobrinho) que pelo jeito também estava sumido, aparecem.
Quis saber onde eles estavam. O Bruno me disse que estavam em um lugar (algo como outro país). Pra mim, eles tinham sido raptados e tinham conseguido escapar. O Bruno falou que não era nada disso.
Disse que podiam ir e vir à hora que quisessem. Então quis saber do Danilo. Porque não estava ali, com eles. Ele falou que ele não quis vir. Decidiu ficar mais um pouco.
Sei que eu fui atrás, queria tirar o Danilo daquele lugar. Um povo estranho. Um lugar estranho.
Consegui ver o Danilo. Ele disse que não poderia voltar, pois essa liberação só ocorria de meses e meses.
Lembro que me desesperei ao perceber que não gostaram de saber que eu havia descoberto aquele lugar. Queria tirar o Danilo de lá de qualquer jeito. Tinha medo de que fizessem o pior com ele. 
No meu desespero me perguntava: Porque a moçada se prontificava a ficar ali sabendo que seus familiares estavam desesperados à procura deles? O que estava acontecendo? O que estavam fazendo com eles?
E em meio ao meu desespero, acordei.
*** 
Estou pensando o que isso pode significar. Será que vi ou ouvi algo, que acarretou nesse sonho, melhor... Pesadelo?
Penso que pode ser reflexo de alguns acontecimentos, algumas dúvidas que me afligem. Talvez um pouco de peso na consciência... Talvez.
Sei lá. Sei que acordei com um sentimento de perda!
Postar um comentário