segunda-feira, 30 de maio de 2016

Dois filmes com Tom Hanks

Sabe aquele dia que você quer ver a carinha do seu ator preferido? Fiquei assim esses dias. Então saí procurando no Netflix, os filmes com o Tom Hanks. Adoro ele!
Encontrei o Náufrago e Forrest Gump. Assisti o primeiro no dia 21 e o segundo no dia 29 de Maio. Como pode. Sou fã do cara e não assisti a dois clássicos dele. Todo mundo deve ter assistido.
Na verdade eu sou assim. Quando eu gosto muito de um ator, eu quero assistir o filme quando eu puder fazer isso “de corpo e alma”. E eu também não sou de ir onde todo mundo está indo. Tenho o meu tempo. E ele chegou.rsrs
Dos filmes tenho uma ou outra observação. Aquelas observações bobas. Até porque o enredo todo mundo deve conhecer.

Náufrago - 2004
Sinopse: Chuck Noland (Tom Hanks) um inspetor da Federal Express (FedEx), multinacional encarregada de enviar cargas e correspondências, que tem por função checar vários escritórios da empresa pelo planeta. Porém, em uma de suas costumeiras viagens ocorre um acidente, que o deixa preso em uma ilha completamente deserta por 4 anos. Com sua noiva (Helen Hunt) e seus amigos imaginando que ele morrera no acidente, Chuck precisa lutar para sobreviver, tanto fisicamente quanto emocionalmente, a fim de que um dia consiga retornar civilização.
Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-27770/

Ainda bem que esse filme é bem interessante. Porque foi longo – mais de duas horas de duração.  Não sei quanto tempo o filme durou para ser gravado, mas o Tom emagreceu bastante. Ainda bem que ele arrumou um amigo “Wilson” para conversar, brigar. Para não se sentir sozinho. Acredito que foi o Wilson e a namorada que fizeram com que ele tivesse forças para sobreviver.

Forrest Gump (1994)
Sinopse: Quarenta anos da história dos Estados Unidos, vistos pelos olhos de Forrest Gump (Tom Hanks), um rapaz com QI abaixo da média e boas intenções. Por obra do acaso, ele consegue participar de momentos cruciais, como a Guerra do Vietnã e Watergate, mas continua pensando no seu amor de infância, Jenny Curran.
Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-27770/

Esse filme também teve mais de duas horas de duração Isso eu sabia! Tanto que há dias ele estava na minha lista para assistir. Eu ficava adiando, pois queria ver com tempo.
Não sei por que eu achava que não ia gostar do filme. Por isso nunca fiz questão de assisti-lo. Estava enganada! Tom estava magnífico. Ele é um homem ingênuo, que amou uma mulher em quem pensava a todo o momento. Ele começou a correr, fugindo de uns rapazes que viviam o perseguindo. E nunca mais parou. E correr o ajudou em muitos momentos da sua vida.

Nesses dois filmes, apesar de histórias diferentes, o protagonista vive e sobrevive, por conta de um amor. E por fim, não termina com esse amor. Fiquei triste, até porque ainda sou daquelas que quero ver um final feliz, onde o mocinho e a mocinha terminam juntos. 
Os dois filmes são muito bons. Se tem alguém que ainda não viu, vale a pena.
Postar um comentário