sábado, 21 de maio de 2016

Te Amarei Para Sempre

Hoje assisti ao filme “Te amarei para sempre”. Assisti sozinha.
O Zé foi ficar com a mãe dele. Como ia ser pouco tempo – das 14h às 18h e eu pretendia trabalhar, não fui.
Também não trabalhei, pois, o servidor do escritório desligou devido ao temporal que caiu na madrugada.  
Hoje está um dia frio. Já caiu uma chuvinha fina. Com isso, nada melhor que deitar no sofá com uma cobertinha e assistir um filminho. E foi o que eu fiz.
Eu escolhi este filme por dois motivos.  Pelo título. Por causa da atriz.

Título: Te Amarei Para Sempre 
Data de Lançamento: 16 de outubro de 2009 (1h50min)
Direção: Robert Schwentke
Elenco: Eric Bana, Rachel McAdams, Ron Livingston
Gêneros: Romance, Drama, Fantasia
Nacionalidade: EUA
Sinopse: Henry DeTamble (Eric Bana) conheceu Clare Abshire (Rachel McAdams) quando tinha apenas 6 anos, em um campo perto da casa de seus pais. Logo eles se tornaram grandes amigos, avançando para confidentes e depois amantes. Só que há um problema: o futuro de Clare é o passado de Henry. Ele é um viajante do tempo, devido a uma modificação genética rara que o faz levar a vida sem saber em que época estará. O fato de Henry conhecer o futuro sempre incomodou Clare, mas agora a situação se inverteu. Quando Henry volta no tempo para encontrar Clare aos 6 anos, é ela que, em sua fase adulta, sabe qual será o futuro de seu amado.
Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-61578/

***
O que eu achei do filme? Adorei. Tanto que classifiquei com cinco estrelas. Eu assisti no netflix e lá a gente vota com estrelinhas. 
Como já falei no início gosto muito da atriz (Rachel). Também gosto de filmes românticos. Lógico que não entendi muito. Essa coisa de viagem no tempo deixa a gente um pouco confusa. Pelo menos eu fico. Às vezes até penso em assistir mais vezes para ver se compreendo, mas acho que fantasia é fantasia. Não tem como entender. Então, é melhor deixar a imaginação correr solta. É gostar ou não. 
Nestes casos é melhor assistir acompanhada. Quem sabe a outra pessoa ajuda um pouco a esclarecer o que ficou obscuro.rsrs
Bom, pelo menos não desperdicei a minha tarde, afinal tinha outra alternativa. Poderia simplesmente ter dormido.
Postar um comentário