sábado, 21 de maio de 2016

Maratona filmes com a Silvana

O final de semana dias 18,19 e 20 de março, a Silvana veio ficar comigo. Foi antes do Zé voltar de viagem. Ela veio na sexta-feira a noite. Eu encontrei com ela, no centro da cidade, após treinar na academia. 
Programamos que íamos assistir filmes. Tantos quanto fossem possíveis. Começamos na sexta. No Sábado pausamos para ir bater perna em Pedreira. E a noite fomos na casa da Letícia - ela estava assando uma carne e nos convidou.
Então, no período em que ficamos em casa conseguimos assistir quatro filmes. Os três que vou citar a seguir, eu já tinha a intenção de assistir. Dai a Silvana disse que tinha lido os livros. Que eram bons. Não precisou falar mais nada.
E o primeiro foi:

Título: Simplesmente Acontece (Love, Rosie)
Data de Lançamento: 05 de março de 2015 (1h42min)
Direção: Christian Ditter
Elenco: Lily Collins, Sam Claflin, Christian Cooke
Gêneros: Comédia, Romance
Nacionalidades: Reino Unido, Alemanha
Sinopse: Os jovens britânicos Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin) são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos as dificuldades amorosas, familiares e escolares. Embora exista uma atração entre eles, os dois mantêm a amizade acima de tudo. Um dia, Alex decide aceitar um convite para estudar medicina em Harvard, nos Estados Unidos. A distância entre eles faz com que nasçam os primeiros segredos, enquanto cada um encontra outros namorados e namoradas. Mas o destino continua atraindo Rosie e Alex um ao outro.

O segundo: 
Título: Um Porto Seguro (Safe Haven)
Data de Lançamento: 19 de abril de 2013 (1h55min)
Direção: Lasse Hallstrom
Elenco: Julianne Hough, Josh Duhamel, Cobie Smulders
Gêneros: Romance, Drama
Nacionalidade: EUA
Sinopse: Quando uma misteriosa mulher chamada Katie (Julianne Hough) se muda para a pequena cidade de Southport, Carolina do Sul, seus novos vizinhos começam a levantar questões sobre seu passado. Bela e discreta, ela evita qualquer tipo de laço pessoal com os outros habitantes da região até que conhece o charmoso Alex (Josh Duhamel), um homem gentil, viúvo e pai de dois filhos, e a sincera Jo (Cobie Smulders), que se torna sua amiga. Katie começa a se interessar por Alex e se sente cada vez mais afeiçoada a ele e sua família. Ela acaba se apaixonando mas um segredo de seu passado a impede de ser plenamente feliz.

E o terceiro:

Título: O Melhor de Mim The Best of Me)
Direção: Michael Hoffman
Elenco: Michelle Monaghan, James Marsden, Liana Liberato
Gêneros: Romance, Drama
Nacionalidade: EUA
Sinopse: Adolescentes, Amanda (Liana Liberato) e Dawson (Luke Bracey) se apaixonam. O pai da garota não aprova o relacionamento e, com o passar do tempo, os jovens acabam se afastando e tomando rumos diferentes. Duas décadas mais tarde um funeral faz com que os dois (Michelle Monaghan e James Marsden) voltem à cidade natal e se reencontrem. É o momento de ver se os sentimentos persistem e avaliar as decisões que tomaram na vida.


***
Vou tentar resumir ao máximo os três filmes. Até porque não lembro muito. E outra porque estou com fama de quem se estende tanto que acaba contando detalhes. Vou falar o comentário meu e da Silvana após cada um deles. E após ela parar de chorar, é claro.rsrs
"Simplesmente acontece" é aquele filme que você torce do início ao fim pelo casal. Sabe que um foi feito para o outro. Eles também sabem. Mas, simplesmente não acontece Não é tão simples assim.
"Um Porto Seguro" começou meio tenso. Fiquei com um pouco de medo, então a Silvana me acalmou dizendo que não era para eu ficar assustada. Se bem que, em vários momentos do filme, houveram momentos de tensão. Esse já não é um filme de um romance impossível. Mas, outros fatores nos deixam apreensivos, por não saber o desfecho. Fiquei impressionada com o final. Tanto que fiquei por vários dias pensando. E a primeira noite depois que a Silvana foi embora... Não consegui dormir.
"O Melhor de Mim" Esse eu escolhi duas fotos, porque fiquei encantada com o ator da primeira fase. Já na segunda gosto muito da atriz. Pensa em um casal que não consegue ser feliz? É amor e sofrimento do começo ao fim.  
Os dois últimos filmes são romances de Nicolas Sparks. Juro que quando terminei de assistir pensei em duas coisas: Esse homem deve ter tido muita dificuldade nos relacionamentos. Esse homem deve ser kardecista (espírita).
A Silvana disse que os livros são bem melhores que os filmes. Se bem que geralmente é assim mesmo.
Ainda falta eu falar do quarto filme. Ele vou contar em outra postagem, pois, assisti duas vezes, de tão bom que é. Então merece uma postagem só para ele.
Bom, adorei a maratona de filmes com a Silvana. Ela é muito chorona, mas é divertida. Pode isso?rsrs
Postar um comentário