terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

O Besouro Verde

Britt Reid (Seth Rogen) é o filho do magnata da mídia mais importante e respeitado de Los Angeles, vivendo uma vida perfeitamente feliz e irresponsável de farras - até que seu pai (Tom Wilkinson) morre misteriosamente, deixando seu vasto império de mídia para Britt. estabelecendo uma improvável amizade com um dos funcionários mais dedicados e geniais de seu pai, Kato (jay Chou), eles veem a chance de fazer algo significativo pela primeira vez em suas vidas: combater o crime. Mas para fazer isso, decidem se tornar foras da lei - eles zelam pela lei infringindo-a, e Britt se transforma no vigilante Besouro Verde, patrulheiro das ruas, ao lado de Kato. Empregando toda a sua engenhosidade e suas muitas habilidades, Kato constrói um armamento que é um exemplo de modernidade retrô, o Beleza Negra, um carro indestrutível cuja potência de fogo equivalente à sua potência em cavalos. Circulando pela cidade numa fortaleza móvel sobre rodas prendendo criminosos com as engenhocas criativas de Kato, o Besouro Verde e Kato rapidamente se tornam populares e, com a ajuda da nova secretária de Britt, Lenore Case (Cameron Diaz), eles vão atrás do homem que controla o sórdido submundo de lA: Benjamin Chudnofsky (Christoph Waltz). Mas Chudnofsky tem seus próprios planos: esmagar o Besouro Verde de uma vez por todas.

Tarde do Domingo, 20/02, acordei cedo (milagre) reflexo do horário de verão que acabara na madrugada e também porque sabia que tinha que preparar almoço, pois estava com visita. O Bruno, amigo do meu filho Bruno veio passar o final de semana com a gente,  dois Bruno em um pequeno apartamento, eu chamava e os dois respondiam, nem adiantava chamar pelo apelido pois também eram iguais, mas conseguimos nos comunicar, daquele jeito!
Estava com a mesa posta, esperando eles para almoçar quando minha menina Tatiane chegou com a irmã Gabriela. Ficamos conversando, enquanto isso almocei e até as acompanhei comendo o bolo que eu havia preparado para o café da tarde.
Papo vai, papo vem e elas me convidam para ir ao Shopping, mais precisamente no cinema, elas iam levar um parente que veio de outro Estado para conhecer o cinema. Perguntei que filme iríamos assistir. A resposta: _ O Besouro Verde em 3D. Convite tentador, adoro filme em 3D! Não pensei duas vezes, fui logo me arrumando e meia hora depois estávamos no Shopping.

Um pouco sobre o filme: Besouro Verde não é como Super Homem que veio de outro planeta e possui super poderes, ou como o Homem Aranha que após ser picado por uma aranha começa a ter poderes. Besouro Verde é um homem comum, por sinal, bastante atrapalhado, o que torna o filme uma comédia em determinados momentos. Por não possuir nenhum super poder, ele conta sempre com a ajuda do companheiro Kato, com o super-hiper-mega carro que os tira de algumas enrrascadas e até mesmo com uma arma de gás que a princípio gera um pouco de confusão nas mãos do nosso atrapalhado herói.
Besouro Verde está mais para estilo Batman e Robin, até mesmo porque eles tentam definir um nome para a dupla, então quem sabe teremos continuação e quem sabe com O Besouro Verde e Marsupial Azul, me parece que foi esse o nome que o Besouro Verde deu à Kato no final.
Um filme que recomendo, pois tem um misto de ação com algumas doses de comédia.

Mas não posso deixar de contar o capítulo final do nosso passeio. Saindo do cinema nos dirigimos ao mercado WalMart onde compramos algumas coisitas. Ficamos eu e o Junior esperando perto da porta, com algumas sacolas. Tati e Gabi estavam na fila para validar o cartão do estacionamento. De repente elas olham para mim e gritam: _ Margô, corre!! E saíram correndo. E eu sem perguntar nada, coloquei-me a correr também. Que cena, os quatro correndo por entre os carros, no meio do estacionamento coberto. Entra no carro, fecha as portas e então perguntei: _ Por que corremos? E a Tati responde: _ Temos 3 minutos para sair do Shopping antes que expire o tempo de permanência que era de 3 horas. Eu só olhei para ela e comecei a fazer a contagem regressiva 60, 59, 58....
Tudo louco! rss
Postar um comentário