segunda-feira, 17 de julho de 2017

Chá de fraldas - Henrique

Ontem foi o chá de “fraldas” do meu neto – Henrique. Foi no salão de festas, no condomínio onde o Danilo e a Deborah estão morando.
O salão estava lotado. Ou ele que não é muito grande.rsrs Mas deu para acomodar todos, acredito eu.

Tinha muita coisa para comer. A Deborah tinha falado que ia ter para comer: torta, cuscuz e salgadinhos. Eu me ofereci para fazer carne desfiada – para comer com pão. No fim, a D.Delza (vó do Danilo) fez um bolo salgado. E a Bruna (irmã da Deborah) fez caldo de ervilha. Quanta coisa - falei para a Deborah. Ela riu. Disse que ficou com receio de não dar. É que como ela anda comendo por dois, achou que todos comeriam por dois. Só pode!rsrs

Tinha também gelatina colorida, que a gente colocava no copo e se quisesse colocava leite condensado. Tinha uma caixinha aberta. Teve bolo. Docinhos (beijinho e brigadeiro). Pirulito de chocolate feito pela Deborah. E outras guloseimas. Por onde a gente andava tinha coisa para comer.
Tinha duas lembrancinhas. Uma feita pela Deborah e Danilo e outra (um sapatinho com ímã) a dona Delza fez. Muito lindos!

No convite, os pais pediram um pacote de fralda e um refrigerante. Então, quem bebia, levou a sua cerveja. Vi que eles ganharam bastante fralda e outros presentinhos. Hoje eles mandaram foto do que ganharam.
Teve três brincadeiras. Uma da fita, onde as mulheres escolhiam um pedaço de fita. Eu nem imaginava para que seria, então para não passar por “fominha” ou “exagerada”, peguei um pedaço pequeno. No fim, quem tivesse a fita da medida (mais próxima) da barriga da Deborah ganhava um presentinho. A Adriana pegou os pedaços de fita de quem ela conhecia e começou a emendar para tentar ganhar.rsrs Nem assim conseguiu. A vitoriosa foi a Andressa.

A outra foi da cadeira. As mulheres sentaram em circulo e com uma fraldinha – que no meio estava lambuzada de chocolate (simulando cocô), passavam de uma para outra ao som de uma música. O Bruno que ficou controlando o som. Quando a música parava, quem estava com a fralda tinha que cheirar, ou lamber. A Adriana ganhou.
A terceira brincadeira foi com a participação de todos. A Deborah falou que o Henrique tinha perdido um par de meias no salão e quem encontrasse ganharia o prêmio. Um barato. Todo mundo começou a revirar o que podia. A tia dela achou atrás de um extintor que estava na parede.
Estava TUDO muito bom. Comemos. Bebemos. Conversamos. Rimos. Tiramos muitas fotos. Mais uma vez fiquei admirada com o cuidado - a preocupação - da Deborah e do Danilo se estava tudo correndo bem. Fora que eles fizeram a maioria das coisas, deviam estar exaustos. E como é nosso costume, quando um diz que vai embora, todos vão. E para variar fomos para a casa da Shirlei tomar café. 
Postar um comentário