quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Minha mãe é uma peça 2

Pensei que o filme ia sair de cartaz sem eu conseguir ir ver. Enfim, conseguimos. Fomos ontem, no Cinemark - sessão das 20h40min.
Data de lançamento: 22 de dezembro de 2016 (1h 36min)
Direção: César Rodrigues
Elenco: Paulo Gustavo, Rodrigo Pandolfo, Mariana Xavier
Gênero: Comédia
Nacionalidade: Brasil
Sinopse: Dona Hermínia (Paulo Gustavo) está de volta, desta vez rica, pois passou a apresentar um bem-sucedido programa de TV. Porém, a personagem superprotetora vai ter que lidar com o ninho vazio, afinal Juliano (Rodrigo Pandolfo) e Marcelina (Mariana Xavier) resolvem criar asas e sair de casa. Para balancear, Garib (Bruno Bebianno), o primogênito, chega com o neto. E ela também vai receber uma longa visitinha da irmã Lucia Helena (Patricya Travassos), a ovelha negra da família, que mora há anos em Nova York.

***
Eu tenho um pouco de receio desses filmes – parte 2. Ainda mais se o primeiro foi muito bom – ou ótimo. Geralmente é difícil superar as expectativas.
Não vou dizer que superou, mas também não diminuiu o meu conceito, a minha avaliação. Se é que isso interessa para alguém.rsrs
Paulo Gustavo é muito talentoso. Então, só dele aparecer a gente já dá risada. Aliás, tinha uma mulher na sala de cinema que dava gargalhadas como eu nunca vi. A impressão que eu tinha é que ela não tinha tido o prazer de conhecer a dona Hermínia antes.
E não tem dúvida que muitas mães se comparam – e se parecem com a dona Hermínia em alguns aspectos. Eu sou uma delas. Não tem jeito. Ela é muito realista.
Sem mais o que dizer do filme, apenas que quem não viu, não devia perder a oportunidade.
Postar um comentário