quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Bee Gees Alive

Minha história sobre como fui ver o show da banda Bee Gees Alive, começou assim:

Quarta-feira, 07/08/2013 – 12h36min
De: Zé
Para: Margô

Amore!

Veja só as promoções... tem Bee Gees (veja anexo => Será que é a banda que assistimos no Café Paon?... acho que é a que eu assisti há muito tempo atrás, no Centro de Convivência => muito bons!). Vamos?

Você se interessa em alguma outra peça?

Beijo

No mesmo dia às 13h11min o Zé já tinha comprado os 2 ingressos. Escolheu na fileira C, assentos 19 e 20. Estranhei o Zé ter comprado... Ele estava tão empolgado que até esqueceu que eu teria aula. Quando o alertei que faltaria da faculdade, ele até pensou em passar os ingressos para uma prima que mora em Indaiatuba. Porém eu prometi que o fato de eu faltar 1 dia da aula, não iria me prejudicar, então ele se tranqüilizou.
Muita coisa aconteceu desde então: Visita ao Estúdio para ver a produção da música “Two but One”, Dia dos pais e Aniversário da Letícia, Lançamento da Coletânea CCB...  
E chegou o tão esperado dia... Eu ia conhecer mais uma banda tributo ao Bee Gees. Conheci há pouco tempo, a banda Bee Gees One, escrevi sobre eles aqui.
Saímos de casa às19 horas. Para chegar ao local onde seria o show foi meio complicado. O Zé não se entendia com o GPS. Depois de algumas voltas, enfim chegamos ao CIAE. Surpresa... A sala Acrisio Camargo na verdade é um teatro...  Lá vou eu assistir a mais um show sentada. Assistir show assim é bom porque não tem “nenhuma cabeça” na nossa frente. E ruim porque eu quero mexer, quero dançar, quero agitar. Ainda mais quando são músicas “baladinhas”. Imagina ouvir “More Than a Woman” e ficar quietinha? Impossível! Sacolejar na cadeira foi inevitável.rss
O teatro estava lotado. A platéia estava animada. Muita agitação. Muita sintonia. Muito contagiante. Foi demais!
Achei os integrantes dessa banda mais simpáticos do que a outra. Eles conversaram, contaram algumas histórias, fizeram-nos rir e... Cantaram muito. O Barry afinadíssimo. Emocionante ouvi-lo cantar “Love so Right”, aliás, essa canção é de chorar. O Robin não deixou a desejar. Pude conferir com “I Started A Joke”. Os três são ótimos. Fiquei muito emocionada. A cada prenúncio da próxima canção, eu vibrava. Para mim, foi como ver os irmãos Gibb ao vivo!
Não sei quantas músicas ou por quanto tempo eles cantaram, não vi o tempo passar, apesar de estar com fome. No final, eles foram embora e algumas pessoas começaram a sair.
Ah, eu fiquei esperando, sabia que eles voltariam, afinal não tinham se despedido formalmente.rss
E em meio a barulhos, aplausos, de algum lugar começou a soar ”mais um, mais um”... E eles surgem novamente no palco. Não lembro qual foi a saidela. Acho que foi You Should Be Dancing... Ou será que foi com essa que eles começaram?  Não importa, sei que aproveitei que estava em pé e agitei o que não deu enquanto estava sentada.
Bee Gees Alive, essa banda me conquistou. Fizeram um show maravilhoso. Um show que recomendo, e quero ver novamente!
Saindo do CIAEI fomos comer alguma coisa. Depois... Próxima parada (postagem) Campos do Jordão!!

Bee Gees Alive! em Indaiatuba
Bee Gees Alive, a primeira banda brasileira a divulgar e interpretar a obra dos Bee Gees com uma performance impecável. A qualidade do trabalho, e a incrível semelhança das vozes de seus integrantes com as dos irmãos Gibb, fizeram com que os Bee Gees Alive fossem aclamados em 2003 pela crítica especializada internacional, como uma das três melhores bandas tributo aos Bee Gees em todo o mundo. Executando clássicos como Massachusetts, Words, To Love Somebody, Stayin´Alive, More Than a Woman, I Started a Joke, Lonely Days, Night Fever, How Deep is your Love, e tantos outros sucessos que marcaram a carreira dos Bee Gees, a banda traz uma experiência rara aos fãs dos irmãos Gibb e apreciadores de um dos melhores repertórios pop de todos os tempos.
Hoje, os Bee Gees Alive percorrem o Brasil fazendo shows com lotação esgotada por onde passam e, em São Paulo-SP, se consolidaram como atração de sucesso em casas do porte de Bourbon Street, Via Funchal, Teatro São Paulo, Café Paon e em outros estados como Sol Music Hall (Goiania-Go), Opera Hall (Brasilia-Df), Teatro Positivo (Curitiba-Pr), Teatro Riachuelo(Natal-Rn), Pepsi On Stage (Porto Alegre-Rs) entre tantas outras.

Duração: 100 minutos
Recomendação: 12 anos
 Indaiatuba:
23/Agosto – Sexta
Horário: 21hs
CIAEI – Sala Acrísio de Camargo – Indaiatuba
End: Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 3665 – Jd Regina
Info: 3834-7837 – www.teatrogt.com.br
Postar um comentário