segunda-feira, 13 de abril de 2015

Interestelar

Título original: Interstellar (Interestelar)
Lançamento: 06 de novembro de 2014 (2h49min)
Direção: Christopher Nolan
Elenco: Matthew McConaughey, Anne Hattaway, Michael Caine
Gênero: Ficção científica, Draama.
Nacionalidade: EUA

Sinopse: Após ver a Terra consumindo boa parte de suas reservas naturais, um grupo de astronautas recebe a missão de verificar possíveis planetas para receberem a população mundial, possibilitando a continuação da espécie. Cooper (Matthew McConaughey) é chamado para liderar o grupo e aceita a missão sabendo que pode nunca mais ver os filhos. Ao lado de Brand (Anne Hathaway), Jenkins (Marlon Sanders) e Doyle (Wes Bentley), ele seguirá em busca de uma nova casa. Com o passar dos anos, sua filha Murph (Mackenzie Foy e Jessica Chastain) investirá numa própria jornada para também tentar salvar a população do planeta.

***

Sem exageros... Esse filme foi bom demais! Assistimos ontem.
Se bem que eu não entendi muita coisa, mas...
Não estava na minha lista de intenções ver esse filme. Isso porque eu não curto muito filme desse gênero. Porém, eu ouvi os comentários da Letícia e do Bruno e, fiquei tentadíssima. Eles avisaram que o início é meio parado, mas depois a gente fica na torcida. Ou desespero. Imagina. Eles falando isso se eu não fiquei curiosa. Tanto que passei esse filme na frente dos outros.
Bom, eu não achei nada parado. O filme prendeu minha atenção desde o início.
E a história é essa. Cooper é fazendeiro-engenheiro. Viúvo, pai de Murph e Tom. O pai de sua falecida esposa vive com eles na fazenda. No quarto de Murph tem uma estante com livros e ali, coisas estranhas acontecem. Murph diz ao pai que é um fantasma que tenta se comunicar com ela.
Um dia eles decifram um código e assim chegam à NASA. Ali ficam sabendo que estão preparando uma expedição para outros planetas, na tentativa de saber se os mesmos podem ser habitados pelos humanos, uma vez que a terra está com seus dias contados.
E Cooper é escolhido para ir junto nessa expedição. Murph tenta desesperadamente impedir que ele vá, inclusive mostrando que ela tinha decifrado uma mensagem que dizia “fica”. Ele entrega à ela um relógio e diz que quando ele voltar eles vão comparar as horas. Diz também que podia acontecer de que ( como o tempo no espaço é diferente), quando ele voltasse os dois estarem com a mesma idade. A hora que ele pega o carro e vai deixando a fazenda para trás é de chorar. Momento tenso. E triste. 
E assim Cooper segue para o espaço acompanhado da Dra. Brand e mais dois astronautas.
E assim começa a corrida contra o tempo. Cooper quer atingir o objetivo o mais rápido possível, para poder voltar para casa. 
E nas duas horas e quarenta e nove minutos de filme, muita coisa acontece. No espaço e na terra. E, se eu continuar escrevendo vou contar o final. E do meu jeito. Porque como não entendi muita coisa, pode ser que eu deixe quem passar por aqui, um pouco confuso.rss
Quer saber... Vou assistir novamente. Uma porque sei que vale a pena. E outra, para entender melhor. Sé é que isso é possível.


Postar um comentário