terça-feira, 10 de julho de 2012

Bilboard - trechos de canções coroadas como "Song 1 do ano"de 1958 a 2011

Enquanto cozinhava, meu filho Bruno estava no computador navegando e fazendo o que ele mais gosta, vendo vídeos musicais no YouTube. Começo então a ouvir músicas de variadas épocas, de todas as fases da minha vida: infância, adolescência, fase adulta, casada, mãe, separada...
Mais que depressa fui saber o que ele estava vendo e ouvindo. Fui vendo e já falando: _ Salva nos meus favoritos.rss
Depois que terminei meus afazeres vim conferir e, desde então, aqui estou. Ouvir um trecho de cada música e rever grandes nomes está sendo bom demais.
Só para aguçar a curiosidade de quem passar por aqui, vou citar alguns:
1958 - Domenico Modugno - Nel Blu Dipinto Di Blu
1967 - Lulu - To Sir With Love
1968 -The Beatles - Hey Jude
1970 - Simon & Garfunkel - Bridge Over Troubled Water
1977 - Rod Stewart - Tonight's the Night
 Parei aqui, pois quando cheguei nos anos 80, deu vontade de colocar todas. Estava eu nessa época entre meus 13 e 20 poucos anos, idade boa!rss E nem é por mim, sei que as músicas dessa época até hoje são tocadas em rádios, baladas, difícil ver alguém que diz não curtir músicas dos anos 80.
Achei que nos anos 90 eu não havia curtido muito música. Nessa época eu estava com os filhos, todos pequenos, mas revendo percebi que não, curti e muito. Lembrei do Coolio - "Gangsta's Paradise" -1995, na época, quando ouvi, me apaixonei. É claro que recebi críticas mas, nem liguei, a gente não escolhe "pelo quê" ou "por quem" se apaixona... acontece.
Ah, e quem não curtiu e dançou muito com Los del Río - "Macarena" -1996? Tem gente que dança até hoje, eu tento, esqueci os passos e já não tenho mais o molejo, problema de veia.rss
E como nem tudo é perfeito ou pelo menos do jeitinho que a gente quer, senti falta dessas grandes feras: Lionel Richie, Phil Collins, Michael Jackson, Celine Dion, Diana Ross, Queen, Scorpion...
Como a minha banda favorita é Bee Gees, notei que entrou nesta lista Andy Gibb mas nada de Bee Gees, estranhei, não entendo nada dos critérios utilizados na classificação da Bilboard.
Bom, chega de ficar falando (não que eu queira mas, devo)... aqui esses vídeos tão comentados.
Postar um comentário