quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Karate Kid 2010


Sexta-feira, 13 de agosto: Aguardo na sala de espera do consultório do dentista, passaria pela minha última consulta do ano, folheava o jornal quando para minha surpresa leio que o filme Karate Kid estaria estreando em alguns cinemas no final de semana. Estava curiosa para assistir, o Bruno tinha assistido (na casa de um primo) ao filme baixado pela internet e disse que era muito bom, que quando estreasse nos cinemas ele queria ir ver novamente.
Chegando em casa fui logo dizendo à ele e então pesquisamos na internet os horários e cinemas que o filme seria exibido no Domingo.
Domingo, 15 de agosto: sessão das 14hs10mins no Cinemark do Shopping Iguatemi, esta era a única sessão do dia, a princípio fiquei um pouco receosa pois o filme seria dublado, mas a ansiedade foi maior e não resisti, assisti.

Sobre o filme: Dre Parker (Jaden Smith), um garoto de 12 anos que poderia ser o mais popular de Detroit, mas a carreira de sua mãe acaba os levando para a China. Imediatamente, Dre se apaixona pela sua colega de classe Mei Yin, mas as diferenças culturais tornam essa amizade impossível. Pior ainda, os sentimentos de Dre fazem com que o brigão da sala e prodígio do kung fu Cheng torne-se seu inimigo. Na terra do Kung Fu, Dre conhece apenas um pouco de karate e Cheng irá mostrar ao "Karate Kid" que seus conhecimentos não valem nada. Sem amigos numa nova cidade, Dre não tem a quem recorrer exceto o zelador do seu prédio Mr. Han (Jackie Chan), que é secretamente um mestre do kung fu. À medida que Han ensina Dre que o kung fu é muito mais que socos e habilidade, mas sim maturidade e calma, Dre percebe que encarar os brigões da turma será a aventura de uma vida


Excelente filme, recomendo para o público em geral, principalmente para as crianças, se possível pai?_ levem seus filhos e assistam juntos, pois através dele são transmitidas imagens e mensagens de disciplina, obediência, respeito, serenidade, perseverança e outros dons valiosos.
Os meus aplausos são para a brilhante atuação de Jaden (aliás ele está cada dia mais parecido com o pai) ele suou, chorou, sorriu, fez caretas, as cenas dos treinamentos foram perfeitas, minha vontade quando saí do cinema era de ir direto para uma academia, é claro se tivesse 10 anos.rss Guardei na mente algumas frases ditas no filme que chamaram minha atenção, talvez não escreverei com todas as letras, mas tentarei:
  • " a maior batalha é aquela que se evita"
  • "a vida pode te derrubar, mas você decide quando é hora de levantar"
  • "existe diferença entre ficar quieto e não fazer nada" ... e algumas outras que não lembro bem, então não vou me atrever.
Frases como essas enriquecem nossa caminhada nessa vida, isso é claro para aqueles que conseguem captar o que elas querem transmitir.
As imagens maravilhosas: da China, da cidade proibida, do Palácio,. Não esqueço uma porta com saliências parecidas com ponta de balas de revolver (essa foi minha visão) Mei diz à Dre que se tocar dá sorte, é lógico que ele mais que depressa começa tocar em todas que consegue.rss
Cenas fantásticas como a de monges meditando sentados sobre uma pedra onde as águas correm em volta dos mesmos e escorrem como cachoeiras transmitindo um som tão suave quanto ao de uma fonte. Uma mulher equilibrada em um pé sob uma altura de dar medo, sendo que a mesma fazia movimentos com o corpo como de uma dança olhando fixamente para uma cobra "Naja" hipnotizando-a. Um silêncio que nos transmite uma paz imensa, uma paz que pude sentir mesmo ali sentada na cadeira do cinema, que vontade de conhecer aquele lugar!!

Cenas do treinamento de Kung Fu em um espaço ao ar livre me arrancou suspiros, sem falar que durante o filme chorei por várias vezes, aliás no final já estava aos soluços.Adorei e quero assistir por mais vezes, pois além destas poucas cenas que descrevi houve outras várias, mas que se for discorrer sobre todas escreverei um livro. Então, quem puder vá assistir ainda no cinema, afinal imagem e som igual não existem.
Eu vou aguardar o filme sair em DVD, locar ou quem sabe comprar, assistir legendado, dublado, e volto para acrescentar mais algumas coisinhas.
Postar um comentário