segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Segunda-feira/13


Estava lá sentada, rindo da minha situação e pensei.... "vai ser legal eu descer a lenha" nesse restaurante, me aconselharam a fazer isso no Twitter, como não tenho achei melhor postar, mas é claro que pedi para os que tinham para fazer isso por mim.rss
Hoje é aniversário da minha dinda (é assim que chamo minha madrinha Sandra) ela está fazendo alguns anos a menos que os meus. Apesar de ser uma Segunda-feira resolvemos sair para comemorar, ela resolveu que sairíamos para jantar, a princípio na Macarronada à Italiana, adorei a idéia, adoro tudo de lá e como estava com fome.
Comecei a pensar que não era para eu sair quando, quase com o pé dentro do ônibus recebo a notícia que não jantaríamos mais na Macarronada Italiana, mas os contratempos já tinham começado algumas horas antes, quando desabou água do céu e choveu, como choveu, aliás, choveu tudo de uma vez.
Nada contra chuva, aliás, adoro chuva desde que eu esteja debaixo de uma coberta, assistindo um bom filme. O que sei é que Chuva e trabalho não combinam, chuva e esperar ônibus no ponto não combinam e por falar em ônibus.... Nunca (exagero) fiquei tanto tempo em um ponto de ônibus, acho que só porque eu estava com pressa e muita fome, passaram todos os ônibus possíveis e imaginários naquela rua, menos o que eu precisava.
Talvez não sentisse tanto a demora do ônibus se não fosse pelos carros com seus condutores, pessoas maravilhosas que parece que sentem prazer em passar com tudo na poça de água e lá vai banho em todo mundo, me contive pois por pouco não xinguei uma boa mulher, só não tomei muito banho porque esperta como sou me escondia atrás de um senhor que ficava com toda a água para ele, e ele xingava os motoristas e como xingava. rss
Finalmente cheguei à casa da minha madrinha (bem atrasada) hoje até que ela estava mais paciente, até deixou eu lavar os pés, isso mesmo, só os pés porque se falasse que queria tomar banho o bicho ia pegar.
O local escolhido para o jantar: "Frango na barca", nunca mais volto lá. Sou uma pessoa muito prática, escolho logo o que quero comer e beber, sempre fui assim (sem fome) como estava faminta fui a primeira a escolher e a última a comer.
.Escolhi um filé de frango à parmegiana (foram buscar o frango lá na Itália, acho), com arroz, feijão, fritas, salada, meu prato predileto. O pessoal escolheu uma porção de tudo um pouco, que chegou rapidinho.
Meu prato demorou e como demorou, acho que até mais que o ônibus, sei que quando chegou todos já tinham terminado. Mas o pior ainda estava para acontecer... o prato veio errado, isso mesmo; errado. Pensei até em comer o que veio mesmo, poxa é um desaforo esperar tanto e ter que comer outra opção. Neste momento todos os funcionários já estavam sensibilizados com minha situação porque eu olhava para eles e ria, minha vontade era de chorar.
Quando finalmente o prato chegou não consegui comer tudo, a fome já tinha ido embora e o frango não tinha nada a ver (não era italiano). O garçom/cozinheiro que veio pessoalmente me trazer o prato pedindo mil desculpas pela demora disse que minha fome voltaria, sem graça ele.rss

Mas, enfim foi uma noite agradável, nos divertimos bastante, afinal não é para qualquer um se divertir em plena Segunda-feira. E já estou pronta para outra, que espero ser na Macarronada.


Pós-escrito de 27/11/2013
Não comentei, mas alguns meses depois o Frango na Barca... Fechou.
E passados quase 3 anos... O local continua fechado.

O Zé, que eu nem conhecia na época, mas que leu essa minha postagem, comenta que eu joguei uma praga (ou qualquer coisa semelhante) muito forte no local. Ah, imagina. Não fiz isso... Só falei que não voltava mais lá.rss
Postar um comentário